“Quando Deus é por nós”: Predestinação na Bíblia

predestinacao-escolha-teologia

Romanos 8:28-31 diz assim:

“Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo Seu propósito.
Porquanto aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que Ele seja o primogênito de muitos irmãos.
E aos que predestinou, a esses também chamou; e aos que chamou, a esses também justificou; e aos que justificou, a esses também glorificou.
Que diremos, pois, a vista dessas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?”

Nesse texto temos dois versículos usados no meio cristão em geral, por serem frases que nos animam, nos consolam em momentos difíceis, e nos trazem refrigério em tempos de angústia. E, de fato, o são. Entretanto, entre os versículos 18 e 31 temos outros dois versículos que podemos chamar de condicionantes. Na Bíblia encontramos muitas passagens assim, que condicionam a ação de Deus a uma atitude do homem.

O tema predestinação é um assunto muito debatido teologicamente ao longo dos séculos, tanto por judeus quanto por cristãos, desde os fariseus Hilel e Shamai, passando por Paulo, Agostinho, Pelágio, Tomás de Aquino, Calvino, Armínio, Wesley, Finney, e muitos outros. Alguns negam a existência da predestinação (mas como negar se está escrito na bíblia?), outros atribuem a ela um caráter fatalista, anulando a livre ação do homem (posição essa incoerente com o restante dos ensinamentos das escrituras).

Mas além dessas discussões, que podem ser saudáveis ou não, devemos olhar para o lado prático da predestinação. O texto bíblico diz que “aos que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de Seu Filho”, e esse é o lado prático. Isso nos leva a refletir sobre outra questão: Quando Deus é por nós? De acordo com o texto, Deus é por nós quando somos por Ele predestinados, e também nos ensina que aos que predestinou, a esses também chamou. Mas chamou para quê? No verso 28 diz que Ele nos predestinou e nos chamou para andarmos segundo o Seu propósito. Ele revela logo em seguida que esse propósito é que sejamos conformes a imagem de Cristo.

Aqui está o segredo dessa passagem. Somos predestinado para vivermos uma vida idêntica à que Jesus viveu. Tomar a forma de Jesus é poder falar como Paulo “sede meus imitadores, como eu sou de Cristo”. Agora, o mais interessante é que apesar de sermos predestinados a isso, ainda é uma escolha pessoal. Eu tenho que escolher ser predestinado, porque Deus já escolheu. A verdadeira predestinação nos aponta o Caminho que Deus deseja que sigamos, que já foi preparado por Ele para que nele andássemos. No entanto podemos fugir de nosso destino, por nosso livre-arbítrio.
Esse Caminho preparado por Deus é o Caminho onde “todas as coisas cooperam para o bem”, e que ninguém pode ser “contra nós”. Nesse Caminho TUDO dá certo, e em Deus encontramos a plena realização de tudo em nossa vida.

Então a pergunta é: sou de fato predestinado? Vivo eu no caminho que Deus de “antemão preparou para que andássemos nele? (Efésios 2:10). Podemos responder a essa pergunta se olharmos, com sinceridade, para nossa vida, nossa prática, nossas atitudes, e vermos que agimos EXATAMENTE como Jesus agiu. Se você não consegue definir isso em sua vida, se há alguma dúvida, você encontrará na Bíblia o padrão que Jesus seguia e ensinava. Isso é ser de fato um filho de Deus.

Faça sua escolha, porque Deus já te escolheu. Ande no caminho que Deus preparou pra você. Seja um Predestinado, isso cabe a você escolher. Então você poderá, com toda a certeza, saber que Deus é por você, e ninguém poderá ser contra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.