Uma análise do Calvinismo (Entre o Calvinismo e o Arminianismo – Parte 1) – Semib Podcast #15

Calvinismo soteriologia erros e acertos

Em pesquisa entre nossos seguidores, 81% disse já ter procurado algum meio termo entre Calvinismo e Arminianismo.

Mas ele existe?

Nessa série de lives iremos analisar a questão da teologia da salvação, discutindo as duas opções mais populares — o Calvinismo e o Arminianismo — e propondo uma terceira via.

Essa é a primeira live de uma série de três lives. A primeira tratando do calvinismo, a segunda do arminianismo, e a terceira apresentando uma terceira via — uma doutrina intermediária entre calvinismo e arminianismo.

Série sobre soteriologia:

O Calvinismo é bíblico?

Assista a live sobre Calvinismo em nosso canal no YouTube:

Ou, se preferir, acompanhe nossa conversa de qualquer lugar através de nosso Podcast disponível no Spotify:

3 Avaliações sobre o Calvinismo:

#1 – Abandone o “Clubismo”

Nesse tipo de discussão, é muito comum que os participantes adotem uma atitude “clubista“.

Ao invés de discutir os textos bíblicos e o que eles querem dizer, eles apenas trocam provocações e ironias mordazes com arminianos.

Evite esse tipo de atitude se quiser chegar a uma compreensão bíblica sobre teologia da salvação.

#2 – Calvinistas interpretam corretamente textos relacionados à graça irresistível

Ao contrário do que dizem os arminianos, os calvinistas interpretam corretamente os textos que falam de Deus escolhendo alguns para serem objeto de uma graça irresistível.

Textos clássicos como Efésios 1.4-8 ou Romanos 9 são corretamente interpretados pelos teólogos calvinistas.

Arminianos tendem a distorcer esses textos.

#3 – Calvinistas forçam a interpretação de textos que destacam o papel do homem na salvação

Em contrapartida, Calvinistas tendem a forçar a interpretação de textos onde claramente há um papel do homem na salvação.

Há textos que claramente falam sobre perda de salvação e livre arbítrio das pessoas.

O diálogo de Deus com Caim, ou de Samuel com Saul, ou a fala de Jesus em Mateus 23 ilustram o poder de escolha humano interferindo em sua própria salvação.

Além disso, a Bíblia contém diversas advertências sobre a possibilidade das pessoas perderem a salvação (como Hebreus, por exemplo). Inclusive o próprio apóstolo Paulo afirma que cuida para que ele mesmo não seja reprovado (reconhecendo a possibilidade de perder sua salvação).

Arminianos interpretam esses textos corretamente, enquanto Calvinistas tendem a distorcê-los.

Assista a Live completa sobre Calvinismo:

  • Por que discutir teologia da salvação importa?
  • Quais são os 5 pontos do calvinismo?
  • Quais as implicações práticas do calvinismo?
  • Que textos o calvinista interpreta corretamente?
  • Em que textos ele se equivoca ou força a interpretação?
  • Por que há uma atitude “clubista” nas discussões entre arminianos e calvinistas?
  • E mais!

Sobre o professor:

matheus_hetti caim e abel seminario ead

Matheus Hetti é formado em Teologia (pelo SMT) e em Direito, com pós-graduação em Psicologia e Plantação e Revitalização de Igrejas.

Nos acompanhe!

🔴 Participe de nossas lives! Discutimos um tema bíblico importante toda segunda-feira, às 11h45, no Instagram do @semibsul
🎧 Ouça nossas lives em seu aplicativo de podcasts favorito (Procure por Semib Sul no Spotify, Apple Podcasts, etc)
➡️ Gostou desse conteúdo e quer aprofundar? Conheça nosso seminário EaD e outros cursos gratuitos! (https://semibsul.com.br/)

2 Comments.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.